Imagem Pulse

Por que o Inbound Marketing não é para todo mundo?

Inbound Marketing tornou-se uma expressão que ganha cada vez mais espaço na estratégia de diferentes tipos de negócio. Ele está na moda e, em muitos casos, é visto como o herói da história, aquele que vai salvar sua empresa na hora de ganhar novos clientes.

Mas será que ele é tão eficiente quanto dizem? Quais são as situações em que a empresa tentou usar as estratégias de Inbound Marketing, mas não obteve os resultados esperados?

Quando decidi escrever esse texto, pensei exatamente nessa desconstrução. Não acredito que uma única forma de trabalhar o marketing seja eficiente para todo tipo de negócio, ainda mais quando se trata de Inbound. Vou explicar o porquê:

1- Tudo precisa estar funcionando em perfeita harmonia

O Inbound Marketing é uma ferramenta em que todas as engrenagens devem estar funcionando perfeitamente. Como um relógio suíço. Você precisa produzir um conteúdo de qualidade, enviar às pessoas certas, ter uma boa estratégia de gerenciamento de redes sociais e contar com um blog ou site que prendam a atenção do possível novo cliente.

Se qualquer uma dessas engrenagens não estiver funcionando comprometerá o todo, como quando derrubamos a primeira peça de dominó numa uma grande fileira. Resultado: sua estratégia não irá funcionar.

2- Onde está minha estratégia?

Todos os setores da sua empresa devem estar cientes da estratégia. Se ela ficar escondida e isolada dentro do setor de marketing, não vai funcionar. E acredite, existem empresas que trabalham assim. Se a equipe de vendas, o administrativo, o financeiro, o RH e a gerência não souberem o que está acontecendo, a imagem que vai passar é que o marketing da sua empresa só fica no Facebook. Isso pode gerar um desgaste no ambiente de trabalho e ninguém quer isso, não é mesmo?

3- Clareza do negócio

E as suas personas? Você sabe quem são, onde estão e como atingi-las? Essa é uma das grandes questões do Inbound Marketing. O empresário idealiza sua empresa numa determinada proporção. Acha que sabe onde está e quem é o público que compraria seu produto ou serviço. Quando o departamento de marketing inicia o trabalho, percebe que o público está em outro lugar e é totalmente diferente do imaginado.

Se esse empresário não aceitar a visão do seu departamento de marketing e não mudar a estratégia, o Inbound Marketing não vai funcionar. E ao invés de perceber que o erro está na sua visão, ele culpará o departamento de marketing e o Inbound por não atingir resultados.

4- Para ontem

No Inbound Marketing é preciso tentar chegar ao potencial cliente de diversas formas, mostrando o valor da sua marca por meio de diferentes tipos de conteúdo. E todos precisam estar cientes disso. Caso tenha um ansioso de plantão, ele precisará se controlar. Afinal, urgência e Inbound não combinam.

5- Qualquer um pode fazer

Postar no Facebook, escrever um texto, atender um cliente ou enviar um e-mail marketing são coisas que qualquer um pode fazer? Sim. Mas com qualidade? Não. E sozinho? Menos ainda.

Você vai precisar de pessoas especializadas e preparadas em cada um desses segmentos para que todas as engrenagens continuem funcionando. Ninguém faz Inbound Marketing sem ajuda.

Estratégias, planejamento, pesquisa, redação, fotos, vídeos, mensagens, formas de falar com o cliente são estudos e tentativas impossíveis de fazer sem pessoas adequadas. Não basta assistir a 5 ou 6 tutoriais do Youtube, hein? Não vai dar certo. Conte com a ajuda de especialistas.

Concluindo…

Cada empresa trabalha de uma maneira, vendendo um produto ou serviço. Mesmo o Inbound Marketing sendo uma estratégia revolucionária que, se seguida à risca, pode levar muitas empresas ao sucesso, ela não é a única verdade dentro do marketing digital.

Mais do que como você vai fazer, o primordial é entender qual é o seu produto, quem é eu público e o que você faz de diferente para o seu público. Esse é o primeiro passo para conquistar novos clientes.

Como dizia minha avó: “antes de receber a visita na sala, arrume a cozinha”.

Concorda comigo? Deixe sua opinião nos comentários e vamos debater o assunto. Opiniões diferentes podem ser bastante enriquecedoras. Fique à vontade! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *