É preciso um novo marketing para o consumidor da era digital

imagem-transformacao-tecnologica

Por Fernanda Nascimento

A era da comunicação massiva ficou no passado. A Smart TV exibe filmes e séries do Netflix com as recomendações que o Data Science escolheu para você a partir das suas escolhas anteriores. Uau! Estamos todos sendo espionados, para o bem e para o mal. E por falar em escolha, o Youtube e as redes sociais conquistam a audiência com influencers que criam conteúdo de tudo e mais um pouco. Todos endeusados por seus seguidores. Nos últimos 4 anos o consumo de vídeos online no Brasil cresceu 135% e o YouTube já é o maior destino dos brasileiros para assistir vídeos na Internet segundo a pesquisa VideoViewers 2018.

“O influenciador digital pode ser chamado de Roberto Marinho de si mesmo, porque ele mesmo planeja, produz, atua e é o veículo de comunicação usado para expandir determinado conteúdo.” Bia Granja, Cocriadora do YouPIX.

As pessoas mudam os hábitos e os meios digitais abalam a mídia tradicional. O marketing muda tudo para acompanhar a jornada desse novo consumidor. Sempre associado com o time de vendas nas estratégias e na prática para alcançar resultados muito mais significativos. Só que as conquistas passam a ser dos times e não mais dos indivíduos. A mudança de mindset dos profissionais precisa acompanhar esse novo ritmo dos negócios e os que se isolarem em breve estarão fora do mercado.

Nem tudo são flores no reino da tecnologia, mas, sim, elas existem. A transformação tecnológica traz um contexto que parece inalcançável e assustador para muitos. Mas também multiplica exponencialmente as oportunidades de entender e oferecer novas experiências aos clientes a partir dos rastros que eles deixam na sua jornada digital.

Os dados são o novo “abre-te Sézamo”. É imperativo aprender a usar. Se não souber, traga um especialista em Data Science para o seu time e sente ao lado dele. Nunca a interatividade entre diferentes profissões foi tão valorizada, porque os desafios são mais complexos e pedem múltiplas competências para acompanhar as novas demandas. A Forbes previu que até o final de 2019, 40% dos projetos de TI criarão novos serviços digitais e fluxos de receita que monetizam dados e que, nesse mesmo ano, até 5% da receita gerada poderá vir de interações com uma assistente digital.

 “A transformação digital continua a mudar o funil de marketing, personalizando a experiência do comprador em cada turno. Para medir efetivamente o sucesso, os profissionais de marketing precisam criar métricas baseadas em dados que, acima de tudo, considerem o feedback do cliente uma parte valiosa.” Daniel Newman, CEO do Broadsuite Media Group

Não basta seguir os rastros dos consumidores, você precisa atrair visitantes, converter em leads, se relacionar com eles, vender e por fim analisar novamente e medir os resultados. É o famoso funil do Inbound que se tornou praticamente obrigatório em todas as campanhas de marketing digital. Os consumidores estão online, buscando conteúdos relevantes para decidir as compras e a tecnologia oferece recursos para acompanhar sua jornada com uma estratégia omnichanel. Como os clientes são influenciados por seus pares e pesquisas, as marcas também devem priorizar a reputação para ganhar credibilidade.

“Com um mundo de informações na ponta dos dedos, o comprador moderno detém o poder. Eles são educados, informados e estão à procura de fornecedores que entendam seus pontos problemáticos e sejam considerados conhecedores ou líderes da indústria.” Digital Transformation in Sales & Marketing

Todo esse processo só se tornou possível porque a tecnologia traz o suporte das plataformas e do Big Data que são a base desse processo de vendas. Os softwares de automação de marketing permitem otimizar os esforços de marketing e vendas. Com a automação, você obtém informações sobre o que o lead está procurando e o conteúdo que fala com ele. Com essas informações, você pode adicioná-los a novas listas e cultivá-las com o conteúdo que corresponde aos seus desejos e necessidades. Mas, para alcançar todos os benefícios da transformação digital os times de marketing e vendas devem trabalhar juntos. Sim, vamos repetir incansavelmente esse mantra.

De acordo com a SoftwareAdvice, empresas que usam automação de marketing para cultivar leads, experimentam um aumento de 451% em leads qualificados. O report “Future of Sales”, do Linkedin, traz alguns dados que confirmam o impacto da transformação digital para Vendas e Marketing:

  • O Gartner afirma que, até 2020, 85% de todas as transações serão feitas online.
  • Para o Aberdeen Group as empresas que utilizam tecnologia para capacitação em vendas registram uma taxa de crescimento três vezes maior.
  • Um estudo do LinkedIn concluiu que os profissionais de vendas que se conectam diretamente com decisores e se engajam com seu conteúdo observaram um aumento médio de 29% nas taxas de negócios fechados.

Parece demais para absorver? Prepare-se, vem muito mais por aí.

Envie seu comentário