6 dicas para escrever um bom texto no LinkedIn Pulse

Por 31 de dezembro de 2016LinkedIn, Vendas

O LinkedIn é a maior rede social profissional do mundo, com mais de 400 milhões de usuários. Só no Brasil são mais de 25 milhões, o que nos torna o terceiro país no ranking mundial de perfis cadastrados. Outro dado fantástico: a rede ainda conta com 93% de eficiência na geração de leads B2B para o seu negócio.

Dica: Não sabe o que é lead? É só clicar aqui que a gente explica. E mais: 65% das empresas conquistaram um cliente B2B por meio desse canal.

E como conseguiram esses clientes? Empresas e profissionais estão no LinkedIn porque buscam conteúdo de qualidade. O Pulse é a ferramenta para isso.

Quer saber como utilizá-lo para publicar textos, atingir seu público, gerar vendas e expandir o seu negócio? Nós explicamos em alguns passos:

1- Prenda a atenção no título ou headline

Quer convencer o leitor que o seu texto é bom? Comece prendendo sua atenção pelo título. Uma boa dica é utilizar números nele como por exemplo: “5 dicas”, “6 soluções” ou “7 passos”. Outro caminho é colocar uma pergunta provocativa no seu título. Ela vai despertar a curiosidade do leitor.

Ainda se quiser variar um pouco, evite pronomes pessoais (eu, tu, ele…etc) e coloque um verbo imperativo, utilizado quando se faz um pedido, ordem ou sugestão. Isso passa credibilidade, por exemplo: veja, confira, entenda, etc.

Dica: use as palavras-chave ou keywords no título. Com elas, você vai subir seu texto no ranking do Google, por exemplo. Quanto mais fácil de encontrá-lo, melhor o índice de leitura, o que pode gerar mais vendas para o seu negócio.

2- Organize suas ideias

Um bom texto deve ter começo, meio e fim. Antes de publicar o conteúdo, faça um rascunho com todas as informações que quer publicar. Leia, releia e organize suas ideias de modo cronológico. Uma boa estratégia é seguir a pirâmide invertida muito utilizada no jornalismo onde as informações mais importantes vem em primeiro lugar, logo acima do texto. É importante encontrar um “gancho” que uma cada uma das suas ideias prendendo a atenção do leitor até o final do texto.

3- Tópicos

Quebrar o texto em tópicos é uma ótima receita para linguagem de internet. Essa fórmula permite que o leitor descanse entre os parágrafos do seu texto. Isso vai deixar seu conteúdo muito mais harmônico e menos cansativo, além de destacar as palavras-chave. O que o seu leitor quiser saber, vai encontrar nos subtítulos.

LEIA MAIS: 6 motivos para sua empresa ter um blog

4- Cuidado com sua opinião

O texto é seu, mas lembre-se que isso não lhe dá o direito de escrever sobre tudo o que quiser e pensar. Cuidado com opiniões pessoais, políticas ou religiosas que possam ofender outras pessoas. As vezes somos preconceituosos ou acabamos ofendendo determinado grupo de pessoas sem intenção. Conheça seu público e saiba como atingi-lo. Uma mensagem passada do jeito errado pode fazer muito mal à imagem da sua empresa. Lembre-se: é a sua reputação que está em jogo.

5- Desperte outros sentidos

Use belas fotos, vídeos, podcasts, redes sociais, links e até gifs animados para fundamentar seu argumento ou ponto de vista. A internet permite essa sinergia entre diferentes formas de se publicar o conteúdo e usá-la torna seu texto mais atrativo e dinâmico, além de dar credibilidade. Afinal, mostra toda uma pesquisa para oferecer o melhor ao seu leitor.

LEIA MAIS: Foto boa + infográfico completo + texto bem escrito = comunicação 100%

6- Convertendo em vendas

Pronto. Nos cinco primeiros passos você aprendeu a oferecer um conteúdo de qualidade. Agora, como converter isso em vendas?

O seu texto é onde, ao compartilhar suas ideias, você se posicionará como autoridade em determinado assunto. Os clientes querem se relacionar com referências no mercado e ao produzir um conteúdo especializado e de qualidade no Pulse, você dá o primeiro passo para esse relacionamento que pode se converter em negócio num futuro próximo.

Para isso, são fundamentais planejamento, monitoramento e palavras-chaves. Dentro dessa realidade, contar com uma consultoria ou uma empresa especializada em marketing digital (conte com a gente J) pode tornar esse processo mais ágil e os resultados mais satisfatórios.

Curiosidade:  74% dos clientes fecham negócio com o primeiro profissional que lhes mostrou uma solução inteligente. Concluindo, essa relação por meio de um conteúdo de qualidade de fato gera leads de vendas.

LEIA MAIS: Marketing digital – se não sabe o que fazer com os dados, você pode perder o jogo

E aí, gostou das dicas? Lógico que dá para ir muito mais longe, mas tentamos resumir os passos básicos que – se seguidos corretamente – dificilmente terminarão em um conteúdo de má qualidade.

Afinal, um formador de opinião deve ser respeitado e quanto melhor e mais transparente for o produto que você oferecer ao seu leitor, maior a chance dele voltar ao seu canal de informação.

Você fazia diferente? Então, aproveite essas dicas para mudar e, assim, adquirir mais credibilidade para depois transformá-la em vendas.