Monitorar comportamentos, captar e analisar dados, aprender com base em informações e ajudar a tomar decisões ainda mais assertivas sobre diferentes processos. Existe tecnologia para tudo quando o assunto é entender os hábitos e os interesses dos atuais e dos potenciais clientes, não importa se a negociação acontecerá no B2B ou no B2C.

 

Mas será que tudo no Digital é tecnologia?

Segundo uma pesquisa realizada pela Accenture, 73% dos consumidores preferem um atendimento humano quando precisam solucionar uma demanda ou tirar uma dúvida. Isso acontece porque as pessoas não querem que suas negociações sejam feitas de forma fria. Elas querem a mesma experiência personalizada oferecida no B2C, dentro do B2B.

Como já vimos em outros artigos, o B2B é feito por pessoas e por isso você precisa olhar para elas desde o início, quando ainda estiver desenvolvendo sua estratégia.

O papel da tecnologia é importante, mas para humanizar todos os processos da sua jornada, seja do lado de quem tem interesse em vender o seu serviço/produto ou aquela pessoa que será impactada por essa estratégica lá na frente, é necessário pensar nas pessoas envolvidas.

 

Humanização do cliente

Olhar para o seu cliente individualmente é o primeiro passo para criar uma jornada ainda mais particular de acordo com os interesses daquela pessoa. Existem os mais diversos tipos de soluções tecnológicas que ajudam a entender o comportamento de cada usuário on-line e adaptar a estratégia e o conteúdo aos seus interesses, tornando toda a construção da lógica da decisão muito mais específica e singular.

  • Qual canal a sua persona prefere usar on e off-line?
  • Que tipo de conteúdo ela procura?
  • Como soluciona suas dúvidas?
  • Quem são suas referências?
  • Quando prefere estar conectada?

A tecnologia é uma importante ferramenta nessa etapa e nas mãos certas dará insumo para captar e analisar dados, os quais nas mãos de uma equipe dedicada, as pessoas possam desenvolver jornadas e ciclos de vendas que tragam resultados verdadeiramente impactantes.

 


Humanização da equipe

Ter à disposição o que há de melhor em tecnologia, seja para o monitoramento, análise de dados, produção de conteúdo ou gerenciamento de redes sociais, é interessante. Entretanto, o que realmente vai fazer a diferença no desenvolvimento da estratégia e nos seus resultados é QUEM está do seu lado na execução do projeto.

O Digital (quando bem estruturado e colocado em prática) é sim uma importante alternativa para gerar mais negócios e que combina inovação, abrangência de público, assertividade nos investimentos e o melhor ROI (Retorno Sobre Investimento). Porém, contar com uma equipe desenvolvida com profissionais capacitados e dedicados a buscar os objetivos definidos no início da estratégia irá fazer toda diferença nos resultados.

O Digital é uma ferramenta de atração e, por mais que a sua estratégia seja voltada para o B2B, ainda teremos pessoas lidando com pessoas. Sabe o que isso significa? Cada um responderá de um jeito sobre cada estímulo.

Testar, aplicar, remanejar ou ratificar faz parte da estratégia.

Independente do mercado no B2B, seja on ou off-line, a humanização precisa estar presente em todos os lados e todas as fases do trabalho. Sempre com total apoio da tecnologia para construir uma experiência única para cada pessoa que desejar interagir com você no ambiente digital.

Ah! E omnichannel, viu? Mas esse é um assunto para outro artigo. Só não se esqueça que a tecnologia é importante, mas a verdadeira inovação vem das pessoas.


Envie seu comentário