por Cristovão Wanderley

Vale a pena revisitar o seu planejamento de marketing ou começar do zero. Especialmente porque muitas empresas tiveram de repensar suas estratégias diante de um novo cenário de posicionamento econômico e de consumo.

Se você faz parte desse grupo, o interessante é que agora algumas novidades estão mais consolidadas e você poderá manter sua empresa alinhada às mudanças no mercado.

É uma grande oportunidade para discutir planos traçados e adaptá-los aos novos rumos. Redesenhar o retrato do mercado, as estimativas, o novo perfil do público-alvo, expectativas e desejos atuais.

Atuando com o tema há mais de seis anos, aprendi uma lição importante: uma das primeiras etapas da criação de uma estratégia de retomada e de crescimento de uma companhia é apresentar um plano de marketing eficaz para alinhar todo o negócio e trazer todos os seus objetivos e ideias estratégicas para a sua realização. Ok, mas por onde começar?

First things first

Você deve começar seu plano entendendo o objetivo. Parece óbvio e trivial, mas muitas companhias, acredite se quiser, queimam a largada. Onde sua empresa quer chegar? Por que é importante atingir esse objetivo?

Depois dessa definição, poderá definir ou redefinir suas metas e como determinará o sucesso da iniciativa. Em seguida, é necessário mapear quem são seus clientes hoje e quais serão os do futuro.

Certamente o cliente do futuro não é mais aquele que se projeta nos próximos cinco anos. É aquele que em seis meses é outro, completamente diferente. É o agile marketing que chegou para ficar.

As equipes de marketing ágil são criadas para absorver e lidar com um ambiente volátil, em constante mudança e prontas para superar momentos de crise e encontrar nelas novas oportunidades. Testar novas ferramentas e táticas faz parte da jogada e é muito saudável.

Com quem você quer falar?

Aqui cabe uma análise superimportante: qual a mensagem que você levará para cada tipo de persona? Vivemos a era da customização, que vai muito além da personalização. Customizar e costurar a comunicação e o marketing de acordo com o perfil de cada cliente não é mais fator de diferenciação. É uma obrigação das marcas e uma ação que não pode ser negligenciada.

E os canais?

Chegou a hora de entender por quais canais você vai interagir com seu público. Enem preciso dizer que o universo digital é altamente relevante nessa estratégia, não é mesmo? O digital nunca esteve tão presente nas vidas das pessoas como agora.

Um aliado importante chega para somar: a tecnologia. Redes sociais, retargeting, remarketing, bots dotados de inteligência artificial e métricas dão o tom no mundo digital e são fundamentais nos canais que serão adaptados para garantir uma conversa duradoura com os clientes.

Indicadores

O mantra “aquilo que não se pode medir, não se pode melhorar”nunca foi tão verdadeiro. Ao definir métricas de sucesso, seja por meio de receita de vendas, custo por lead, ROI de marketing de entrada ou qualquer outro indicador (KPI) e sua capacidade de se manter mais informado permitirá criar melhores campanhas.

De três em três

Com um plano estabelecido, o ideal é acompanhá-lo trimestralmente. O orçamento estabelecido está sendo cumprido? E as metas? O time está engajado? É preciso fazer alguma mudança de rota? Lembre-se: você precisará definir passos menores e estar em constante movimento para alcançar o objetivo macro.

É hora de planejar para colocar em prática novos horizontes. O amanhã é você quem faz hoje! Quando irá começar?

 

 


Envie seu comentário